Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/02/18 às 10h54 - Atualizado em 22/02/18 às 11h59

APA de Cafuringa

Área de Proteção Ambiental de Cafuringa

Decreto de criação: Decreto nº 11.123, de 10 de junho de 1988

Grupo: Uso Sustentável

Categoria: Área de Proteção Ambiental

Plano de Manejo: Possui zoneamento, conforme Decreto 24.255/2003

Regiões Administrativas: Sobradinho – R.A. V

Limites e vias de acesso: Limita-se a oeste e ao norte pelas divisas com os municípios goianos de Padre Bernardo e Planaltina de Goiás; ao sul pela Estrada Parque Contorno (EPCT) DF-001, e pela DF-220 e, finalmente, a leste, pelo ribeirão Contagem e pela DF-150. Além das vias citadas acima, a região possui acesso pela DF-205, BR-251, DF-205, DF-170, BR-251, DF-445.

 

Dados Geográficos

Área: 46.510 ha

Perímetro: 126.671,46 m

Latitude/Longitude: Aproximadamente entre 15º30’S / 15º40’S e 47º50’W / 48º12’W

Solo: Latossolo Vermelho, Latossolo Vermelho-Amarelo, Argissolos, Neossolos Quartzarênicos e Nitossolo Vermelho.

 

Fitofisionomias

Compreende quase todas as fitofisionomias do Cerrado: Campo Limpo, Campo Sujo, Cerrado stricto sensu, Cerradão, Vereda, Mata de Galeria, além de Matas estacionais.

 

Fauna

Descrição sumária: Dentre os anfíbios e répteis pode-se citar: ‘’perereca-nariguda’’ (Scinax squalirostris), ‘’sapo-cachorro’’ (Physalaemus cuvieri), ‘’rãzinha-grilo’’ (Pseudopaludicola saltica), ’’rã-assobiadora’’ (Leptodactylus fuscus), ‘’sapo-verruga’’ (Odontophrynus salvatori), ‘’rã’’ (Leptodactylus syphax), Chironius bicarinatus ,Leptodactylus furnarius, Philodryas agassizii, Epicrates cenchria. Dentre as aves estão: ‘’beija-flor-do-bico-curvo’’ (Polytmus guainumbi), ‘’Rabo-branco-acanelado’’ (Phaethornis pretrei), ‘’beija-flor-de-orelha-violeta’’ (Colibri serrirostris), ‘’chifre-de-ouro’’ (Heliactin bilophus), ‘’beija-flor-tesoura’’ (Eupetomena macroura). São exemplos de mamíferos da região: “Paca” (Cuniculus paca), “cutia” (Dasyprocta azarae), “rato-da-árvore” (Rhipidomys mastacalis), “rato-de-chão” (Thalpomys cerradensis), “camundongo-do-mato” (Oligoryzomys nigripes) “onça-parda, suçuarana” (Puma concolor), “jaguatirica” (Leopardus pardalis), “gato-mourisco”/“jaguarundi” (Herpailurus yaguarondi), “onça-pintada” (Panthera onca).

 

Flora

Descrição sumária: Dentre as espécies do Cerrado stricto sensu se destacam: ‘’pau santo’’ (Kielmeyera coriácea), ‘’vassoura de bruxa’’ (Ouratea hexasperma), “pimenta-de-macaco’’ (Xylopia Aromatica), ‘’ipê-verde’’ (Cybistax antisyphilitica), “orelha-de-cachorro” (Terminalia fagifolia), ‘’pequi’’ (Caryocar brasiliense), “sucupira-preta’’(Bowdichia virgilioides). Dentre as referentes ao Cerradão estão: “copaíba” (Copaifera langsdorffii), “jequitibá” (Cariniana estrellensis), “cansileiro” (Platypodium elegans), “jenipapo” (Genipa americana), “lobeira” (Solanum lycocarpum). Entre as espécies de Matas de galeria pode-se citar: “jatobá” (Hymenaea courbaril), ‘’quaresmeira” (Tibouchina candolleana), “pau-pombo” (Taipira guianensis). Pertencentes a veredas: “buriti” (Mauritia flexuosa), Xylopia emarginata, Centropodium cornutus, Guarea macrophylla. Nas Matas estacionais estão: “ipê-branco” (Tabebuia róseo-alba), “peroba-rosa” (Aspidasperma pyrifolium), “cedro” (Cedrella fissilis). Representando os diversos campos da região temos as famílias Syngonanthus, Cyperaceae, Eriocaulaceae , Velloziaceae e Xyridaceae.

 

Turismo

Mesmo que ainda não estejam regulamentadas, existem várias atividades de turismo na APA, como práticas de escalada, cavalgada, caminhadas e visitas às diversas cachoeiras da região.

 

Veja também

Mapa de localização da APA de Cafuringa

Zonas de Manejo da APA de Cafuringa

Mapa das Zonas de Preservação da Vida Silvestre da APA de Cafuringa

Galeria de Imagens

Instituto Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

IBRAM

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543