Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/07/21 às 14h15 - Atualizado em 5/08/21 às 9h18

Quase R$ 7 milhões em infraestrutura para o Parque Burle Marx

Em cerimônia na manhã desta quinta (29), o governador Ibaneis Rocha assinou a ordem de serviço que deu início à primeira etapa de implantação do Parque Ecológico Burle Marx, administrado pelo Instituto Brasília Ambiental. As intervenções previstas para a unidade de conservação, que será a 83ª do DF, contam com investimentos de aproximadamente R$ 6,8 milhões da Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap), referentes a condicionantes da implantação do Setor Habitacional Noroeste.

 

Neste primeiro momento, serão construídas duas ilhas de lazer, que incluirão quadras para a prática de diversos esportes, pontos de encontro comunitário (PECs), academias ao ar livre e parquinhos, além de contemplar também as instalações elétricas e hidrossanitárias, guaritas e paisagismo com plantio de árvores e grama. A previsão de conclusão dessa primeira etapa da obra é dezembro.

 

O governador salientou a união de esforços entre secretarias e autarquias do Governo do Distrito Federal (GDF) para o início das obras, que não serão as únicas no setor.

 

“Nada melhor e mais gratificante do que cumprir com os compromissos. Estamos lançando uma obra de suma importância, e Brasília é uma cidade em movimento, que precisa de projetos. Determinei que seja feito um levantamento das obras que precisam ser feitas aqui no Noroeste. Estamos aqui para resolver os problemas da cidade”, afirmou.

 

O presidente do Instituto Brasília Ambiental, Cláudio Trinchão, destacou a importância ecológica da implementação do parque para a comunidade e para todo o DF: “É um feito histórico. Era uma demanda antiga, uma condicionante da implantação do Noroeste; e, em parceria com a Terracap, nós conseguimos viabilizar. É mais um marco da gestão do governador Ibaneis Rocha”.

 

Para o diretor da Associação de Moradores do Noroeste, Amaury Kakumori, o parque levará mais qualidade de vida a comunidade. “Quem é morador da primeira etapa do bairro, como eu, não tinha nenhuma área de lazer, então a chegada do parque vai ser um usufruto diferenciado, vai dar condição para quem quer usufruir do local e da natureza”, reflete.

 

Área de lazer e preservação ambiental – O Parque Ecológico Burle Marx integra uma área verde de 280 hectares que ainda preserva uma das maiores manchas de cerrado da cidade, sendo considerado um importante corredor ecológico entre o Parque Nacional de Brasília e o Lago Paranoá.

 

Situado entre a Asa Norte e o Noroeste, o parque teve seu plano de manejo aprovado em janeiro deste ano e já recebeu diversas intervenções, como cercamento, roçagem, plantios e construção de ciclovia com 5 km de extensão às margens da Avenida W7.

 

Em março, uma força-tarefa composta pela Secretaria de Governo, Departamento de Trânsito (Detran), Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e outros órgãos do GDF retirou 1.602 veículos de um terreno que era usado como depósito de veículos recolhidos. A área, que agora está desocupada, integrará o Parque Ecológico Burle Marx.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543