Governo do Distrito Federal
11/01/22 às 16h39 - Atualizado em 20/01/22 às 9h24

Brasília Ambiental castra mais de 10 de mil animais em 2021

COMPARTILHAR

O Instituto Brasília Ambiental, por meio da sua Unidade de Gestão de Fauna (Ufau), realizou em 2021 quatro campanhas de castração que resultaram na castração de 10.329 animais. No ano, também foram feitas três campanhas de vacinação, que beneficiaram 2.021 animais. A gestão da área avalia como positivo o desempenho deste ano.

 

A Ufau é relativamente nova — criada em 2020 — tem como função específica tratar dos assuntos relacionados à gestão da fauna no Distrito Federal.  Mesmo sendo recente, a unidade avançou bastante em seus projetos.

 

Em uma pesquisa de satisfação e desempenho do Programa de Castração referente às ações feitas entre maio e agosto, consta que de 265 pessoas consultadas, 94,4% avaliaram de forma muito positiva o desempenho das clínicas contratadas. Do total de participantes, 93% recomendam as clínicas para um amigo ou parente.

 

As duas primeiras campanhas de vacinação aconteceram em Planaltina e Riacho Fundo, e a mais recente aconteceu em novembro no Serviço Veterinário Público (HVEP), em Taguatinga. Nessa, além das vacinas V10 aplicadas, foram distribuídos cerca de 150 vermífugos.

 

A unidade teve, também, um grande ganho em relação à estrutura. Foram credenciadas, este ano, três novas clínicas para castração, totalizando quatro estabelecimentos para atendimento à população. As regiões de Ceilândia, Samambaia, Paranoá e Gama, que apresentam maior demanda, foram as mais favorecidas.

 

Outra novidade foi o serviço de agendamento para as campanhas da unidade. A Ufau propôs o agendamento eletrônico, uma ferramenta disponibilizada pela Secretaria de Economia, e de acordo com o chefe da unidade, Marco Aurélio, “tem dado ‘super’ certo”.

 

Passeriformes – Em 2021 a área de fauna também foi marcada por maior agilidade na renovação das licenças para criação amadora de pássaros silvestres. Esse quadro é resultado de mudança na estratégia utilizada pelo órgão ambiental, via Ufau. Houve treinamento da equipe, envio de alerta, por e-mail, aos criadores de pássaros, disponibilização de boleto no SEI (Sistema Eletrônico de Informações), e a criação de um sistema de WhatsApp para tirar dúvidas.

 

A norma determina que os criadores devem solicitar a renovação da licença até o dia 1º. de julho. Este ano, até esta data, houve um crescimento de 60% nas solicitações, com relação ao ano passado. A unidade realiza a renovação a qualquer tempo, desde que o criador cumpra as exigências administrativas

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543