Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/04/21 às 8h17 - Atualizado em 19/04/21 às 10h58

São Sebastião vai ganhar parque revitalizado

O Governo do Distrito Federal, por meio do Instituto Brasília Ambiental, em trabalho conjunto com a Região Administrativa de São Sebastião não está medindo esforços para revitalizar o Parque Distrital de São Sebastião, também conhecido como Parque do Bosque, e entregá-lo àquela comunidade para o inicio de maio.

 

Nesse pacote de reformas, que representa apenas a primeira etapa de um conjunto de obras, estão inclusos a quadra poliesportiva, o Ponto de Encontro Comunitário (PEC) e a construção de passeios em concreto. O investimento é de R$ 331 mil, resultante de compensação ambiental.

 

A superintendente de Unidades de Conservação, Biodiversidade e Água (Sucon), Rejane Pieratti, destaca o compromisso da autarquia ambiental com a comunidade local. “Sabemos da importância de entregar esse parque com toda a melhoria para a população. Iniciamos parte da reforma até que o Plano de Manejo, que vai autorizar obras de construção, seja finalizado e se possa dar continuidade ao processo”, esclarece.

 

Limpeza – Numa parceria do Instituto com a Administração de São Sebastião, está sendo realizada, além da reforma, a limpeza total do parque, enquanto o Instituto toca a obra. “Uma ação conjunta no sentido de entregar a Unidade de Conservação estruturada e limpa para a comunidade”, ressalta o presidente do órgão ambiental, Cláudio Trinchão.

 

”É uma grande alegria estar nessa parceria com o Brasília Ambiental empregando todos os esforços para colocar novamente aquele espaço de lazer, esporte, cultura e educação ambiental à disposição da comunidade”, acrescenta o administrador de São Sebastião, Alan José Valim Maia.

 

Diversidade – O Parque Distrital de São Sebastião é rico em diversidade biológica. Sendo uma ilha verde, em meio à cidade, é considerado pelos moradores o “pulmão ecológico local”. Com uma área de 17.773 hectares, conta com parquinho infantil, anfiteatro e coopervia.

 

Possui remanescentes de mata seca ou mata mesofítica, fitofisionomia rara, em bom estado de conservação. Nessa mata podem ser encontradas diversas espécies do Cerrado como aroeira, amburana, chichá e carvoeiros, entre outras.

Brasília Ambiental - Governo do Distrito Federal

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543