Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/05/18 às 10h27 - Atualizado em 25/05/18 às 11h04

OPP sobre o Parque Bosque dos Tribunais será dia 30 de maio

COMPARTILHAR

Área do parque do Bosque já está sendo restaurada com mudas nativas, para receber, depois, estrutura de lazer e convívio.

 

O Instituto Brasília Ambiental (Ibram) realiza no próximo dia 30 de maio, no auditório do Supremo Tribunal de Justiça, entre 14 e 18h, mais uma Oficina de Planejamento Participativo (OPP), encontro comunitário para debater e ouvir sugestões sobre o Plano de Manejo das Unidades de Conservação. Desta vez, as discussões tratam da implantação do Parque Bosque dos Tribunais, no Setor de Administração Federal Sul.

 

A proposta é de gestão compartilhada do Parque, a partir de um acordo de cooperação técnica envolvendo o Instituto Brasília Ibram, a Secretaria de Gestão do Território e Habitação, Segeth, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e os Tribunais Superiores Eleitoral (TSE) e do Trabalho (TST). De forma colaborativa, os parceiros poderão administrar, reformar e fazer obras de infraestrutura, segundo os termos da parceria, formalizada em fevereiro passado pelo governador Rodrigo Rollemberg e os presidentes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes; do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Ives Gandra da Silva Martins Filho e do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Laurita Vaz. Na ocasião, fizeram o plantio simbólico de novas mudas.

 

Na assinatura do termo de cooperação, o governador fez o plantio simbolico de novas mudas de árvores nativas do Cerrado.

 

Situado em uma área urbana com muitos prédios públicos e privados, o Bosque dos Tribunais será uma área de lazer e vivencia para servidores e para a população do DF e já vem recebendo plantio de mudas nativas do Cerrado, desde o ano passado. Agora aguarda a contribuição popular ao seu plano de manejo. Pelo menos 2,5 mil mudas de árvores nativas do Cerrado, entre elas ipês e jacarandás, já foram plantados.

 

PARQUE BERNARDO SAYÃO – A última OPP realizada pelo Ibram ocorreu no último dia 19, no Anfiteatro do Parque Ecológico Dom Bosco. Pelo menos 50 pessoas participaram da reunião e conheceram aspectos importantes sobre a fauna e flora da região e o Plano de Manejo proposto do Parque Ecológico Bernardo Sayão, antes de dar suas contribuições para melhorias na unidade, situada entre o Lago Sul e o Jardim Botânico.

 

Durante a OPP sobre o Bernardo Sayão, população conheceu detalhes da Unidade de Conservação e contribuiu com sugestões.

 

Além do encontro, conduzido por servidores de várias áreas do Instituto, o Ibram também decidiu manter aberto o canal para novas colaborações da comunidade. “Muito representativo, a reunião com moradores da região mostrou o sentimento participativo da comunidade e garante seu engajamento, agora e futuramente, na melhoria e na preservação de uma unidade de conservação especialmente importante para a região do Lago Sul e do Jardim Botânico, uma das áreas urbanas que mais cresceram nestes últimos anos no DF”, resume a Procuradora Geral do Ibram, Lorene Raquel Souza, uma das palestrantes na OPP do Bernardo Sayão. O órgão continuará recebendo sugestões para o documento até o dia 8 de junho, por meio do email ibram.gecco@gmail.com. Para conhecer as propostas de Plano de Manejo do Parque Ecológico Bernardo Sayão e do Parque Bosque dos Tribunais, clique nos links a baixo.

 

Plano de Manejo do_Parque_Bosque dos_Tribunais

 

Plano de Manejo do Parque Ecológico Bernardo Sayão

 

 

Instituto Brasília Ambiental - Governo de Brasília

IBRAM

SEPN 511 - Bloco C - Edifício Bittar - CEP: 70.750-543